Redução do contágio do coronavírus depende da colaboração de todos

 

 

O prefeito Duarte Nogueira pediu ontem que as pessoas colaborem com o cumprimento das orientações das autoridades médicas e sanitárias para evitar a propagação do coronavírus na cidade, cujos casos têm aumentado nos últimos dias. Em função do aumento, Ribeirão Preto continua na fase vermelha do Plano São Paulo, que permite apenas o funcionamento de atividades essenciais. O comércio continuará fechado até a próxima avaliação do governo estadual.

“Nossa vontade é sair da fase vermelha direto para a amarela nas próximas duas semanas, onde mais estabelecimentos podem voltar a funcionar, mas precisamos da colaboração de todos em fazer a quarentena corretamente, usar máscaras permanentemente quando sair de casa e manter os hábitos de higiene. Mudar de fase depende de cada um de nós. Uma pessoa que não toma os devidos cuidados pode se contaminar e contaminar um filho, o pai, o avo”, disse o prefeito.

 

Ele afirmou também que o aumento de casos é reflexo de desleixo, de falta de responsabilidade de quem não acredita que pode se contaminar, contrair a doença e levar o vírus para outras pessoas. “Tem gente que não está dando bola. Não adianta uma parte da cidade ou da região fazer tudo certo se a outra parte não fazer o que é correto. Depois não adianta reclamar”, comentou, durante entrevista coletiva para atualizar os dados da doença e reafirmar a continuidade da cidade na fase de restrição total no Plano São Paulo.

 

UTIs lotadas
Além de registrar nove mortes e mais 272 casos de coronavírus nas últimas 24 horas, Ribeirão Preto chegou nesta sexta-feira, dia 26, a 97% de ocupação dos leitos de UTI para Covid-19. Estão ocupados 162 de 167 leitos disponíveis. A situação dos leitos de enfermaria é um pouco mais confortável, mas está em 70% de ocupação.

Nos próximos dias o Hospital Santa Lydia receberá mais seis respiradores para abrir novos leitos de UTI e também abrirá novos leitos estabilizadores para pacientes que aguardam internação ou que deixam a UTI.

Mesmo com o aumento de mais de 60 leitos de UTI no último mês, os percentuais de ocupação não se reduziram. Ao contrário, o aumento tem sido constante. “Estamos com uma margem bastante restrita para os profissionais de saúde fazerem a regulação dos pacientes”, afirmou o prefeito.

 

Aumento da testagem
Ribeirão Preto começa a testar mais 800 pessoas por dia, por meio de uma parceria da prefeitura, com o Supera Parque e a Fiocruz. O anúncio foi feito na quinta-feira, dia 25. Nesta sexta-feira, o prefeito anunciou também que a prefeitura de Ribeirão Preto vai se integrar ao Instituto Butantã, o que permitirá acelerar a realização de novos testes.

Ele ainda informou que os pedidos feitos pelos prefeitos, de classificar os salões de beleza, manicures, pedicures, cabeleireiros e barbeiros na fase laranja, e o aumento do período de abertura dos estabelecimentos nas regiões onde há permissão, serão discutidos na manhã deste sábado pelo Comitê Técnico de Contigência da Covid-19 do Estado.

Os prefeitos reivindicaram, na quinta-feira, que o período de abertura passe de quatro para cinco ou seis horas por dia, e que os salões de beleza integrem a fase laranja. “É provável que na manhã de segunda-feira já tenhamos alguma notícia sobre essas definições”, comentou.

 

 

 

 

Fotos: Alexandre de Azevedo

Fonte : Prefeitura Ribeirao Preto

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *