Conheça Gente que Faz – Juliana Camargo Alves

Sabe aquela pessoa que faz coisas incríveis? Aquela pessoa que ama de verdade aquilo que faz, tem na prática e na história essa verdade? Juliana Camargo Alves é uma dessas pessoas.

Confira na íntegra a entrevista realizada com a empreendedora.

 

 

1) Área profissional: 

Sou autônoma, corto cabelos e faço comida veg 

2) Se você tivesse o poder para fazer mudanças pontuais na cidade, o que faria? (somente uma mudança): 

Daria voz e espaço pra cultura de rua de SCS, skate, rap, hip hop, poesia, dança, grafite, arte….acho que santa tem muita gente lutando pra fazer a diferença e muita gente disposta a trabalhar por essa cena.

3) Um sonho: 

Ver uma mudança significativa no mundo e nas pessoas, mudanças desde padrão estético até forma de consumo e cuidado do planeta.

4) Uma conquista: 

Acreditar em mim

5) Um exemplo: 

Letícia Muniz 

6) Um amor: 

Séries 

7) Uma arte: 

A dos meus amigos 

8) Uma lembrança: 

Quando viajei sozinha pra Praia do Rosa

9) Um amigo: 

10) Uma palavra que descreva “Família”: 

Amigos 

11) Um lugar: 

Minha casa 

12) Autodefinição em 3 palavras: 

Corajosa, dedicada, questionadora

13) O futuro de Santa Cruz do Sul com a arte: 

Se houver investimento e for dada a visibilidade merecida aos artistas locais, acredito que santa tem tudo pra se destacar na região, SCS não é só cultura alemã, SCS não é só Oktoberfest

14) O futuro de Santa Cruz do Sul no turismo: 

Acho que a cidade tem muito potencial, mas ainda é muito presa a amarras conservadoras e pouco visionárias.

15) O futuro de Santa Cruz do Sul com novos empreendimentos: 

Muito promissor, a cidade tem capacidade de ir muito longe, acredito que através de incentivo de órgãos públicos e apoio dos mesmos, muitos empreendedores com ideia incríveis conseguiriam contribuir pro crescimento da cidade.

16) Sobre o racismo: 

Entendam, santa cruz é uma cidade racista sim! que precisa mudar e se conscientizar muito, e logo, o povo preto daqui precisa de mais espaço, precisa de mais voz, não posso falar sobre algo que não tenho vivência, então dêem voz pra quem pode nos mostrar a real sobre esse assunto.

17) Sobre o LGBTQ+: 

Apesar de ser menos que algumas outras cidades próximas, santa ainda é bem preconceituosa com comunidade LGBTQIA+, acho que falta representatividade e como falei antes, santa ainda é mto conservadora. não tenho muito conhecimento de políticas públicas voltadas pra atender as necessidades da comunidade daqui. Então não posso falar sobre, com segurança. Mas acredito que sempre é possível melhorar nesse aspecto. 

18) O que espera deste novo mundo que estamos construindo? 

Espero que as pessoas entendam que a causa da maioria dos problemas é o ego, e que mudem a maneira como consomem, como se relacionam com a natureza e com os animais, espero mesmo que a gente aprenda a ter respeito pelo próximo e pelo nosso planeta. E que a gente entenda que precisamos mudar, estamos matando nosso planeta e estamos matando uns aos outros, pra que? Eu espero muito que a gente abra os olhos, e entenda, aprenda e não repita os erros.

19) Quem é você? 

Alguém que tá todos os dias tentando descobrir isso. E todos os dias aprendendo que a gente pode ser tantas coisas ao mesmo tempo.

20) Deixe uma mensagem ao vento:

O Homem é livre para fazer o que quer, mas não para querer o que quer.

Arthur Schopenhauer 

 

 – Facebook: Juliana Camargo 

– Instagram: @ser_nutriralma  @juuarte @camargoaju

 

Entrevista/ Foto:  Arquivo Pessoal

Cristieli Crizel

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *