Começam as obras do primeiro Posto de Saúde Sustentável do Brasil

Santa Cruz do Sul, além de ser conhecida por sediar a terceira maior Oktoberfest do mundo agora também é referência nacional em inovação. Em 2019, o Município se destacou na área de mobilidade urbana ao implementar as Superparadas. Ao todo, cinco espaços completamente acessíveis, equipados com ar-condicionado, bebedouro, internet gratuita, bancos, carregador de celular, tela para acompanhamento dos horários dos ônibus coletivos, entre outros atributos, oferecem conforto e segurança para quem depende do transporte público. Neste início de 2020, o Município inova, mais uma vez, ao contemplar saúde e meio ambiente em um mesmo projeto: o primeiro Posto de Saúde Sustentável do Brasil. Cerca de 4,2 mil pessoas serão beneficiadas com a nova unidade que começa a ser construída nesta semana e deve ser entregue até o fim do ano.

O posto terá um sistema para coleta e armazenagem de água da chuva, que permitirá a utilização de recursos hídricos não-potáveis nas descargas dos vasos sanitários e também para regas nos canteiros e horta da unidade. As lâmpadas usadas serão 100% de led e 70% do abastecimento elétrico do local será feito com energia renovável. Para isso, placas fotovoltaicas serão instaladas e garantirão quase a totalidade da energia consumida no local. “Além da questão ambiental, haverá economia aos cofres públicos, pois vamos gerar a energia que consumiremos”, explica o secretário Municipal de Saúde, Régis de Oliveira Júnior. “Não vejo como planejar a saúde das pessoas sem pensarmos no todo. Em um cenário de mudanças climáticas, aquecimento global, todos somos responsáveis. Por isso, optamos pela energia limpa, por exemplo. O poder público deve ser indutor e catalisador dessas mudanças. Espero que o nosso posto torne-se exemplo para todo o Brasil”, acrescentou Régis.

O local contará, também, com uma horta para cultivo de chás e plantas medicinais livres de agrotóxicos. Restos de alimentos legumes e vegetais se transformarão em adubo orgânico através de composteiras que também serão instaladas na unidade. Com investimento de pouco mais de R$ 1 milhão, a estrutura física é completa por farmácia, salas de triagem, de recepção, de espera, de atividades coletivas, de agentes comunitários, de saúde, de vacinas, de administração, de procedimentos, de curativos e de observação; três consultórios médicos e um odontológico; central de material esterilizado simplificada; copa; quatro banheiros (dois acessíveis); depósito de material de limpeza; rouparia; varanda; e área de ambulância. O projeto é assinado pela arquiteta do Município, Karianne Pacheco.

A nova unidade carregará o nome de uma importante personalidade santa-cruzense, o sambista  Alcemiro dos Santos. Emocionado, o prefeito, Telmo Kirst, destacou a merecida homenagem ao amigo. “Escolhi, pessoalmente, o nome desse meu amigo para denominar o primeiro posto sustentável do Brasil: Estratégia de Saúde da Família Pedreira Alcemiro dos Santos. O Alcemiro era uma pessoa extraordinária, inteligente e um dos melhores músicos que Santa Cruz produziu.” O prefeito ainda pediu aos músicos e familiares do Senhor Alcemiro para que tocassem um samba para completar a homenagem. O momento foi marcado pela emoção que tomou conta dos presentes. A ESF Pedreira Alcemiro dos Santos será o primeiro de seis postos de saúde sustentáveis que serão construídos em Santa Cruz do Sul. Além do bairro Pedreira, em breve, também iniciarão as obras das novas unidades do Ana Nery/Figueira, Glória, Central, Aliança e Viver Bem.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *