De frente com Circuito Mais Brasil

A Circuito Mais Brasil, do grupo Mais Comunicação é voltada para produção de conteúdos, produtos editoriais, serviços e eventos.Há 12 anos no mercado das publicações no Brasil, entregando conteúdo relevante na vida do brasileiro.
Com uma postura de acompanhamento e compromisso para a dinâmica de desenvolvimento e crescimento económico, social, empresarial e cultural do Brasil.Além de uma comunicação assertiva o nosso compromisso é estar sempre ao lado do leitor na descoberta das melhores soluções sobre economia, finanças, educação, entrevistas, turismo, beleza, bem estar, gastronomia, saúde, inovação, moda e cultura, para si e para o seu negócio.

 

 

 

Qual seu maior sonho ? Poder através do meu networking ajudar as pessoas a se conectarem.
Qual é a sua maior qualidade? Persistente
O que te deixa de mau humor? Hipocrisia
Seu maior defeito? Ser dominadora
Qual foi a melhor coisa que você comprou com seu dinheiro? Viagem para a Disney com a família.
Seu prato preferido? Camarão
Quais são seus jogadores preferidos?
Qual seu filme preferido? O Rei do Show
Qual super-herói gostaria de ser? Mulher Maravilha
Se defina em uma palavra articulada
Se seu quarto estivesse pegando fogo e você tivesse tempo de salvar uma coisa, o que seria? Meu passaporte
Qual foi ultima coisa que você comprou? Alguns vestidos
Você não pode sair de casa sem… álcool gel e máscara
Qual perfil você mais gosta de seguir no Instagram? O meu
O que está fazendo de diferente nesta pandemia ? Estudando muito
Quais  as expectativas  para 2021 ? Todas possíveis e imagináveis mas principalmente poder realizar as viagens e eventos que estavam programados para 2020.

 

 

Foto/Entrevista :  Circuito Mais Brasil

 

De frente com Alzira Teixeira

Alzira Teixeira conta que foi muito difícil no começou apesar que ainda está no começo, ninguém acredita em seu potencial mas a mesma acredito em si e isso que importa mas nunca vai  desistir de  seus sonhos. Vem de família humilde simples e quer muito realiza seus sonhos.

 

Qual seu maior sonho ? Ser uma YouTube e blogueira famosa e bem conhecida
Qual é a sua maior qualidade? Sou simples um amor de pessoa engraçada legal…
O que te deixa de mau humor? Fica com sono ou sabe falsidade
Seu maior defeito? Difícil a pessoa me tirar do serio mas quando tira sua muito ignorante
Qual foi a melhor coisa que você comprou com seu dinheiro? Ainda Não recebo dinheiro mas quando receber Quero comprar uma máquina pra te a qualidade melhor e um tripé
Seu prato preferido? Todos Não tenho preferência de comida
Nem um Qual seu filme preferido? To rica
Qual super-herói gostaria de ser? Super choque
Se defina em uma palavra verdadeira
Se seu quarto estivesse pegando fogo e você tivesse tempo de salvar uma coisa, o que seria? Meu celular e meu notebook
Qual foi ultima coisa que você comprou? Roupa
Você não pode sair de casa sem… Meus documentos e meu celular
Qual perfil você mais gosta de seguir no Instagram? Sthe Matos família jeito loko de ser
O que está fazendo de diferente nesta pandemia ? Nada de bom mas daqui pra frente quero trabalha muito fazer video
Quais as expectativas para 2021 ? Bate 1M no insta e compra uma casa pra mim

 

 

Foto/Entrevista: Alzira Teixeira

Pedro Marinho

De frente com Angelo Gutemberg

A odontologia sempre foi um sonho para Angelo Gutemberg, onde ficava imaginando atender as pessoas e proporcionar felicidade através do sorriso das pessoas, foi ganhar experiencia trabalhando em outros consultórios ate que então montou o seu Próprio Consultorio Odontologico.

Se formou e buscou especializar na area da Odontologia Estética como (Harmonização Orofacial e Lentes de Contato Dental e Facetas de Resina).

Tornou uma das referencias em Cirurgia de Bichectomia no qual atende pacientes de todo o Brasil. Quando iniciou queria ter reconhecimento profissional e inspirar pessoas ao meu redor e os futuros pacientes.

 

Qual o Maior Sonho? Que o mundo e as pessoas se amem e se cuidem mais. Mais humanismo e mais consciencia.

Qual é a sua maior qualidade? Carinhoso e atencioso.

Qual foi a melhor coisa que comprou com seu dinheiro ? Um Apto para meus pais (Dona Maria e Sr. Admir)

Seu Prato Preferido? Uma boa Feijoada.

Quais são os seus jogadores preferidos? Neymar e Critiano Ronaldo.

Qual seu filme Preferido? Senhor Do Anéis .

Qual super Herói gostaria de ser? Meu super herói e exemplo de Vida (Meu Pai).

Se defina em uma palavra? Comprometimento.

Qual foi a ultima coisa que voce comprou? Uma Moto para andar e ter a sensação de liberdade, deixar o vento bater no rosto.

Você não pode sair de Casa sem? Uma Oração.

Qual perfil você mais gosta de seguir ? @P12 jurere e da minha noiva @DraVanessacostaa

Quais as expectativas para 2021? Que o mundo aprenda com tudo isso e tenha mais amor ao próximo, que tudo se normalize e que a tão sonhada vacina chegue logo para proporcionar paz a todos.

 

 

Foto/Entrevistado: Angelo Gutemberg

Pedro Marinho

Live cultural “Arte na Estação” é neste domingo

Neste domingo, 02 de agosto, a partir das 17h, na página do Facebook e no canal do Youtube do Sesc/RS, acontece a Live Arte na Estação. O evento é uma parceria da Prefeitura de Santa Cruz do Sul, através da Secretaria Municipal de Cultura, e o Serviço Social do Comércio (Sesc). O Secretário Municipal de Cultura, Marcelo Corá, avalia a importância do evento: “Neste período difícil que estamos passando por conta do coronavírus, pensamos em reunir diversas linguagens culturais em um evento online, com todos os cuidados necessários, para levar entretenimento aos santa-cruzenses e valorizar os artistas locais”.

A gerente do Sesc, Roberta Pereira, comemora a parceria. “Além de proporcionar acesso à cultura e divulgação dos talentos da cidade, vai ajudar a movimentar a cadeia produtiva das artes, tão afetada pela falta de trabalho neste momento de pandemia”, destaca.

Confira quais serão as atrações da Live Arte na Estação:

Sonia Dettenborn Luz – Literatura
Dygo – Grafite
Trio Santa Brass Band – Música
Duo Marta Cancela e Rodrigo Jaeger – Música
Moisés Damé – Música
Marcelo Maya – Música
Esquete teatral com Gilmar Almeida e Paola Simonetti – Teatro
Edinho Nascimento – Música
Jef’s Studio de Dança – Dança
Participações especiais de artistas convidados

Links para assistir a live:
Facebook: https://www.facebook.com/SescRS/
Youtube: https://www.youtube.com/user/sescrs

O evento tem patrocínio da Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo e o apoio da GPS Net.

 

Assessoria Sesc Santa Cruz do Sul

Model Show: um reality da irreverência

O objetivo inicial era reunir pessoas que buscassem sua ascendência no mundo digital. E de fato, o foi. Mas eles mostraram muito mais do que rostos bonitos. Os onze participantes são experts no quesito criatividade e em transformar o simples em inovação. Você aí, ainda não os conhece, mas vai perceber tudo isso em breve, nas telas da TVS Play.

E pra adiantar, uma das combinações desse reality, foram os desfiles de moda seguidos por game shows. Se eles se divertiram? Basta dar uma olhada nas fotografias e nos spoilers que estão sendo divulgados aos poucos nos storys do Instagram @tvsplay. Cor é o que não falta e claro, né, boas gargalhadas.

Ao longo das próximas semanas iremos comentar sobre os lugares escolhidos como cenários deste projeto.

Hoje você descobre um pouquinho mais sobre a ligação da moda com o bom e velho rock’n’roll, nessa visita ao Hard Rock Café Gramado. Inaugurado em 2018, a “Casa do Rock” conta com três andares evidenciando a arquitetura tradicional em pedra e madeira, típica das regiões frias da Europa. Em uma pegada moderna, reúne o charme de Serra Gaúcha em um dos principais pontos do centro de Gramado. Entretenimento e gastronomia em um só lugar!

A criação e direção do ‘Model Show’ é do diretor artístico da TVS Play, Júnior Soares, que reuniu um elenco especial para esta primeira edição. A direção de imagem é da equipe da produtora Película Vídeo Design.
A frente da apresentação está o comunicador Capu. Com um clima descontraído e com todas as cautelas tomadas dentro no novo momento, ele comanda os jovens participantes durante os desfiles e games. Nos bastidores, a repórter Nathana Redin.

Fotos: Gramado Moments Fotografia

 

De frente com Danny Lima

Danny Lima tem 27 anos, mora em Goiânia-GO, formada em Administração, casada e apaixonada pelo mundo digital! Sempre gostou de assuntos que envolvam moda e beleza. A loucaaaa da “brusinha baratinha” na capital da moda.

Qual seu maior sonho ? Ter abundância em todos os aspectos da vida e poder ajudar a minha família.

Qual é a sua maior qualidade? Praticar sempre a empatia.

O que te deixa de mau humor? Fome, haha

Seu prato preferido? Massa ( pizza e lasanha )

Qual seu filme preferido? Milagre na cela

Se defina em uma palavra: amor

Qual foi ultima coisa que você comprou? All star

Você não pode sair de casa sem… celular

Qual perfil você mais gosta de seguir no Instagram? @pefabiodemelo @thaysjube

O que está fazendo de diferente nesta pandemia ? Aproveitando cada cantinho da minha casa e o meu maridinho.

Quais  as expectativas  para 2021 ? As melhores possíveis! Tenho que vai ser um ano promissor e desafiador, mas estou pronta!

 

 

 

Foto/Entrevista: Danny Lima

Pedro Marinho

Ribeirão Preto é classificada como Capital Regional A

Ribeirão Preto foi classificada como Capital Regional “A” no levantamento REGIC 2018 (Regiões de Influência das Cidades) do IBGE. No levantamento anterior, Ribeirão Preto era Capital Regional “B”. Na região, Sertãozinho foi classificado como Centro Sub Regional A e Jaboticabal, Centro Sub Regional B. Ribeirão Preto é sede da Região Metropolitana, que engloba 34 cidades com população estimada em 1,7 milhão de habitantes.

“Isso [a classificação] traz uma responsabilidade grande para todos nós. E essa classificação de capital regional nos remete à comparação com as capitais mundiais, onde são necessárias cinco coisas que considero mais vitais. Cuidar da segurança pública, da mobilidade urbana, da destinação final dos resíduos sólidos, da sustentabilidade e a empregabilidade, porque não há felicidade se não houver emprego para as pessoas, e muito menos estabilidade social”, disse o prefeito Duarte Nogueira.

A pesquisa REGIC define a hierarquia dos centros urbanos brasileiros e delimita as regiões de influência a eles associados. É nessa pesquisa em que se identificam, por exemplo, as metrópoles e capitais regionais brasileiras e qual o alcance espacial da influência delas.

A identificação da hierarquia urbana e das áreas de influência é realizada por meio da classificação dos centros urbanos que possuem determinados equipamentos e serviços e que atraem populações de outras localidades. A oferta diferenciada de bens e serviços entre as cidades faz com que populações se desloquem a centros urbanos bem equipados para adquirirem serviços de saúde e educação ou buscar um aeroporto, por exemplo.

Conhecer os relacionamentos entre as cidades brasileiras com base na análise dos fluxos de bens, serviços e gestão é um importante instrumento para se realizar escolhas locacionais, tais como decidir a localização de uma universidade, de um hospital ou decidir a localização de uma filial de empresa.

 

Quinta edição
A publicação da pesquisa Regiões de Influência das Cidades 2018 atualiza o quadro de referência da rede urbana brasileira. Trata-se da quinta edição da pesquisa que foi publicada anteriormente em 1972, 1987, 1993 e 2007. A edição 2018 manteve o aporte teórico-metodológico da última pesquisa, com aprimoramentos em procedimentos e com o acréscimo de pesquisa sobre outros temas relacionados à rede urbana, como a identificação de fluxos entre as Cidades brasileiras fronteiriças com os países vizinhos.

A rede urbana brasileira, no presente estudo, está estruturada em duas dimensões: a hierarquia dos centros urbanos, dividida em cinco níveis principais (Metrópoles, Capitais Regionais, Centros Sub-Regionais, Centros de Zona e Centros Locais); e as regiões de influências, identificadas pela ligação das Cidades de menor para as de maior hierarquia urbana.

O estabelecimento das hierarquias e a identificação das ligações entre as Cidades, bem como a delimitação das áreas de influência, foram construídos com base em pesquisa específica com o levantamento de dados primários, com uso de registros administrativos e com o insumo de outras pesquisas do IBGE relevantes para a temática sobre a qual o levantamento apresenta.

Capitais Regionais
De acordo com o trabalho, Capitais Regionais são os centros urbanos com alta concentração de atividades de gestão, mas com alcance menor em termos de região de influência em comparação com as Metrópoles. Ao todo, 97 Cidades foram classificadas como Capitais Regionais em todo o País, com três subdivisões:

Capital Regional A – composta por nove Cidades, em geral Capitais Estaduais das Regiões Nordeste e Centro-Oeste com exceção do Arranjo Populacional de Ribeirão Preto/SP. Apresentam contingente populacional próximo entre si, variando de 800 mil a 1,4 milhão de habitantes em 2018. Todas se relacionam diretamente a Metrópoles;

Capital Regional B – reúne 24 Cidades, geralmente, centralidades de referência no interior dos Estados, exceto pelas Capitais Estaduais Palmas (TO) e Porto Velho (RO). Caracterizam-se por possuírem, em média, 530 mil habitantes, apenas com o Arranjo Populacional de São José dos Campos/SP em um patamar populacional superior (1,6 milhão de habitantes em 2018). São numerosas na Região Sul, onde se localizam 10 das 24 Capitais Regionais dessa categoria;
Capital Regional C – possui 64 Cidades, dentre elas três Capitais Estaduais: os Municípios de Boa Vista (RR), Rio Branco (AC) e o Arranjo Populacional de Macapá/AP, todas pertencentes à Região Norte. As demais Cidades localizam-se, principalmente, na Região Sudeste, onde 30 das 64 Capitais Regionais C se encontram. A média nacional de população das Cidades dessa categoria é de 300 mil habitantes em 2018, sendo maior na Região Sudeste (360 mil) e menor na Região Sul (200 mil).

Centros Sub-Regionais
Neste terceiro nível hierárquico, as 352 Cidades possuem atividades de gestão menos complexas (todas são nível 3 na classificação de gestão do território), com áreas de influência de menor extensão que as das Capitais Regionais. São também Cidades de menor porte populacional, com média nacional de 85 mil habitantes, maiores na Região Sudeste (100 mil) e menores nas Regiões Sul e Centro-Oeste (75 mil). Este nível divide-se em dois grupos:

Centro Sub-Regional A – composto por 96 Cidades presentes em maior número nas Regiões Sudeste, Sul e Nordeste, e média populacional de 120 mil habitantes;

Centro Sub-Regional B – formado por 256 Cidades com grande participação das Regiões Sudeste e Nordeste, apresenta média nacional de 70 mil habitantes, maiores no Sudeste (85 mil) e menores no Sul (55 mil).

Metrópoles
São os 15 principais centros urbanos, dos quais todas as Cidades existentes no País recebem influência direta, seja de uma ou mais Metrópoles simultaneamente.

A região de influência dessas centralidades é ampla e cobre toda a extensão territorial do País, com áreas de sobreposição em determinados contatos. As Metrópoles se subdividem em três níveis:

Grande Metrópole Nacional – o Arranjo Populacional de São Paulo/SP ocupa, isoladamente, a posição de maior hierarquia urbana do País, concentrando em seu Arranjo Populacional 21,5 milhões de habitantes em 2018 e 17,7% do Produto Interno Bruto – PIB nacional em 2016;

Metrópole Nacional – os Arranjos Populacionais de Brasília/DF e Rio de Janeiro/RJ ocupam a segunda colocação hierárquica, também com forte presença nacional. O Arranjo Populacional de Brasília/DF contava, em 2018, com 3,9 milhões de habitantes, enquanto o do Rio de Janeiro/RJ somava 12,7 milhões na mesma data;

Metrópole – os Arranjos Populacionais de Belém/ PA, Belo Horizonte/MG, Campinas/SP, Curitiba/PR, Florianópolis/SC, Fortaleza/CE, Goiânia/GO, Porto Alegre/RS, Recife/PE, Salvador/BA, Vitória/ES e o Município de Manaus (AM) são as 12 Cidades identificadas como Metrópoles. São formadas por nove Capitais que receberam classificação 1 na centralidade de gestão do território mais Belém (PA), Campinas (SP) e Manaus (AM) que, embora estejam na classe 2, contam com contingente populacional relevante, superior a 2 milhões de habitantes. A média populacional das Metrópoles é de 3 milhões de habitantes, sendo, a mais populosa, Belo Horizonte (MG) com 5,2 milhões e, as menos populosas, Florianópolis (SC) e Vitória (ES), com respectivamente 1,0 milhão e 1,8 milhão de pessoas residentes em seus Arranjos Populacionais em 2018. Campinas (SP) é a única Cidade que não é Capital Estadual a ser classificada como Metrópole.

Dia da Mulher comemorado com programação especial no município de Gramado

dia 8 de março é reconhecido mundialmentecomo Dia Internacional da Mulher, visto como momento de mobilização para conquista de direitos e para discussão das violências morais, físicas e sexuais, ainda sofridas pelas mulheres.

A Secretaria Municipal da Cidadania e Assistência Social preparou uma programação especial para este mês voltado a Cidadania em Ação – Março da Mulher.

A abertura do evento ocorre neste sábado, dia 7 de março, das 9h30 às 11h30, no Centro de Cultura da Várzea Grande (Avenida do Trabalhador, 201). O evento, que possui entrada franca contará com atividades culturais, exposição e roda de conversa.

Segue a programação oficial do dia:

– Varal solidário;

– Roda de conversa sobre “Empreendedorismo Feminino” com a artesã, Jozi Oliveira;

– Saúde da Mulher, aferição de pressão e testes rápidos, com os técnicos da Secretaria da Saúde;

– Orientação jurídica com a coordenadora do CREAS, Marianna Lubatchevski Moreira;

– Exposição das Valentina’s;

– Terapia “Access Facelift”, com a terapeuta holística, Cassi Berti;

– Aula de zumba com a instrutora, Lisiane Santos;

– Penteados e maquiagem com Ateliê da Beleza, por Amanda Feier;

– Elaboração de sucos naturais e água saborizada, com Nelcy Frata (EMATER);

– Testes de visão (Lions Gramado);

– Técnica capilar e personal styler, Denise Muller.

Além da secretaria, o setor privado também deve ser mencionado. A Gramado Summit, empresa responsável por um dos 10 maiores evento de inovação e empreendedorismo do Brasil aproveitou a data comemorativa para lançar duas ações que devem reunir ainda mais mulheres no evento.

De acordo com o CEO da empresa, Marcus Rossi, o objetivo é obter uma equiparação do número de ingressos femininos adquiridos com os ingressos masculinos como também a presença de palestrantes que estarão na próxima edição do evento.

Em parceria com o coletivo Minas de Propósito, foi criada uma campanha que diminui o valor da entrada para a principal conferência de inovação do país. Durante o mês de março, mulheres pagam apenas R$ 650, sendo que o preço atual do ticket está R$ 890. Os ingressos podem ser adquiridos diretamente no site http://gramadosummit.com/ingressos

Além dos ingressos, outra ação a ser realizada será a curadoria de um palco exclusivo por parte do coletivo, focado no empoderamento feminino. A ideia é que diversos cases de mulheres sejam apresentados nesta plenária. 

Entre as mulheres já confirmadas para a próxima edição, já estão Fabiana Panachão, jornalista da Band News com especialização em Finanças; Ana Fontes, da Rede Mulher Empreendedora; Gabriela Augusto, fundadora da Transcendemos Consultoria; Onília Araújo, contadora e empreendedora; e Juliana Muncinelli, da XP Investimentos.

Foto: Divulgacão
Texto: Mônica dos Santos

Destinos em alta no mundo, via Tripadvisor

Todos os anos, são analisadas as avaliações, pontuações e itens salvos por viajantes do mundo todo e os resultados são divulgados diretamente no site. 

O prêmio Travellers Choice de 2020 do Trip Advisornomeou a cidade de Gramado como 5º destino tendência em 2019 com milhares de avaliações no que diz respeito a serviços, qualidade e satisfação dos clientes.

O site se trata de uma plataforma que possui dicas de hotéis, restaurantes e atrações. Tornou-se referência para os turistas que desejam informações dos locais. A maioria dos hotéis do mundo está cadastrado no site e diariamente milhares de pessoas contribuem enviando relatos sobre a hospedagem e fotos.

O que é exatamente o Trip Advisor?

Fundado em 2000, trata-se de um site de viagens que fornece informações e opiniões de conteúdos relacionados ao turismo. Por meio da plataforma, os viajantes encontram diversos recursos para o planejamento de viagens.

Foi um dos primeiros a adotar um conteúdo gerado pelo usuário avaliações ou reviews de clientes sobre estabelecimentos e atrações. O Tripadvisor funciona assim: empresas divulgam seu local no site e os usuários avaliam as experiências oferecidas por elas. Dessa forma, clientes se beneficiam fazendo uma melhor escolha de compra e estabelecimentos é promovida por recomendações.

Nas palavras da empresa “O Tripadvisor oferece a sabedoria de outros viajantes para ajudar as pessoas a decidirem onde ficar, qual voo pegar, o que fazer e onde comer”.

A plataforma está disponível em 49 mercados. Juntos, eles formam a maior comunidade de viagens do mundo, com 456 milhões de visitantes únicos mensais.

Como funciona o ranking do Tripadvisor?

Negócios  posicionados nos primeiros lugares no ranking de busca têm mais probabilidade de serem visualizados pelos clientes. Os principais fatores que afetam a popularidade na plataforma são:

Pontuação
Refere-se ao número de avaliações que você tem no Tripadvisor. Quanto mais avaliações de quatro e cinco estrelas, melhor. Quando todos os outros fatores são iguais, o local com mais pontuações de cinco estrelas ocupa a posição mais alta no ranking.

Recenticidade
Refere-se ao número de avaliações novas do seu estabelecimento. Embora as avaliações mais antigas ainda contem para a sua classificação, as mais recentes refletem melhor a experiência atual do seu restaurante. Quando todos os outros fatores são iguais, o local com avaliações mais recentes ocupa a posição mais alta no ranking.

Relevância
Você é classificado em muitos rankings com vários tipos de critérios, a depender do que seu estabelecimento oferece. Por exemplo,  quando alguém procura um lugar para comer, essa pessoa não está procurando apenas por “restaurantes em geral” de uma cidade. Ela quer jantar, está com vontade de comer uma pizza ou procura por uma gastronomia típica específica.

Com algumas fotos e o texto abaixo, Gramado se encontra no ranking perdendo apenas para Kochi – Índia, Luzon – Filipinas, Porto – Portugal e Porto Seguro – Brasil.

A pequena cidade brasileira de Gramado é um refúgio pitoresco e verdejante que abriga algumas surpresas encantadoras. Depois de se divertir bastante nos pedalinhos e nos bosques de pinheiros da Floresta Negra em torno do Lago Negro, faça uma visita ao Snowland, o único parque de neve Indoor da América Latina. As crianças vão adorar o Mini Mundo, um parque de miniaturas que contém réplicas minúsculas de paisagens conhecidas.

Antigamente utilizávamos as dicas alheias para poder ir conhecer os locais, hoje a ferramenta se tornou uma inovação de algo que já era praticado.

Foto: Kellen Dias Fotografia
Texto: Mônica dos Santos