Mais uma superparada entrou em funcionamento hoje em Santa Cruz do Sul

Uma nova superparada já está disponível para os usuários do transporte coletivo urbano em Santa Cruz do Sul. E ela entrou em funcionamento nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira, 29. Denominada Central, por estar situada em uma região de intensa movimentação comercial, a terceira superparada, localizada na Rua Tenente Coronel Brito, quase esquina com a Júlio de Castilhos, é maior do que as anteriores. Mede 34 metros de comprimento, com área fechada de 28 metros, e duas áreas abertas de 3,80 metros cada. A estrutura poderá abrigar até 120 pessoas.

No fim da tarde de ontem, o prefeito Telmo Kirst, acompanhado dos secretários de Transportes e Serviços Urbanos, Gerson Vargas, de Obras e Infraestrutura, Leandro Kroth, de Comunicação e de Saúde, Régis de Oliveira Júnior, foi averiguar a obra.

A estrutura dispõe de internet, bebedouro, câmera de monitoramento, placas solares, ar condicionado, carregador de celular e cem por cento de acessibilidade. Além de todo esse conforto, os usuários podem acompanhar, em uma tela de computador, em tempo real, o itinerário das linhas de ônibus que circulam. O custo da obra é de aproximadamente R$ 90 mil, com recursos próprios da Prefeitura. A água que abastece o bebedouro é fornecida pela Corsan e a empresa provedora de internet é a Bitcom, de Caxias do Sul. Na ocasião, Telmo comentou que as obras da próxima superparada, que será instalada na lateral do Parque da Oktober, logo acima do Corpo de Bombeiros, iniciarão em breve.

Teaser

Expoagro Afubra bate recorde de público na sua 19ª edição: 112 mil visitantes

Encerrada ontem, a 19ª Expoagro Afubra, em Rincão del Rey, Rio Pardo/RS, recebeu 112 mil visitantes nos três dias de programação. O recorde de pessoas no maior evento do gênero para a agricultura familiar no Brasil foi anunciado pelo coordenador da feira e vice-presidente da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), Marco Antonio Dornelles, no final da tarde desta quinta-feira. A movimentação foi 15% maior do que em 2018, quando o parque recebeu 98 mil pessoas.

“A estrutura aguentou bem, com um ou outro ponto de gargalo que vamos melhorar para a 20ª edição”, garantiu o presidente da Afubra, Benício Albano Werner, ainda comemorando o resultado. Apesar da boa expectativa quanto à comercialização, os números finais só serão divulgados na próxima segunda-feira, dia 1º de abril, uma vez que a Associação está pedindo mais rigor nos dados por parte dos expositores e instituições bancárias.

Dornelles também anunciou um aumento de 25% nas vendas no Pavilhão da Agricultura Familiar, que contou com 149 expositores de 80 municípios gaúchos e movimentou R$ 792.500,00. “O novo pavilhão, mais amplo e com maior área de circulação ajudou muito e o retorno que recebemos dos expositores foi muito positivo”, completou.

Benício Albano Werner ainda confirmou que, entre as melhorias estruturais, estão previstas a busca de recursos para a ampliação do recém-inaugurado Pavilhão da Agricultura Familiar, um novo complexo de banheiros e a construção, pelo governo federal, de um acesso mais seguro ao parque e ao Centro Vocacional Tecnológico, no quilômetro 161 da BR 471. Quanto ao pavilhão das agroindústrias, a ideia é duplicar seu tamanho, passando para 3 mil metros quadrados, dotando-o também de um pequeno auditório, uma área de processamento de alimentos e banheiros próximos. O presidente da Afubra também destacou que o clima ameno deste início de outono ajudou no bem-estar dos visitantes.

Além da assinatura de convênios, discussões importantes para a cadeia produtiva do tabaco e diversas culturas que integram o mosaico da agricultura familiar, e da inauguração do espaço de comercialização das agroindústrias, o presidente destacou a rodada de negócios “Do campo à mesa”, entre produtores de hortigranjeiros e alimentos coloniais com supermercados, hotéis e restaurantes promovida pelo Sebrae/RS, o leilão de ovinos, o Seminário Regional de Turismo Rural, o Fórum de Diversificação de Atividades de Produção Rural e a comercialização de animais. “Pretendemos incentivar com estrutura e apoio a estas iniciativas de comercialização e mercado, de forma que a feira ajude a gerar ainda mais renda para a agricultura regional”, resumiu Dornelles.

Com informações do Jorn. Cleiton Evandro dos Santos/19ª Expoagro Afubra

Sertanejo universitário, reggae e música gaúcha embalam os shows da 15ª Fenachim

Na tarde desta quinta-feira, 28, a Comissão Organizadora da 15ª Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim) divulgou os shows regionais e nacionais que vão integrar a programação oficial do evento, que acontece de 1 a 5 e de 9 a 12 de maio de 2019. A divulgação dos artistas, que representam estilos como sertanejo universitário, reggae e música gaúcha, aconteceu na Sala da Fenachim, no Pavilhão de Exposições, no Parque Municipal do Chimarrão (Acesso Dona Leopoldina) durante coletiva de imprensa. As principais atrações da Festa com o Sabor do Rio Grande serão Maskavo (dia 4 de maio); João Luiz Corrêa (dia 5); João Neto & Frederico (dia 11); e Os Monarcas (dia 12).

Conforme a presidente da 15ª Fenachim, Cleiva Giovanaz Heck, a escolha dos artistas levou em consideração a viabilidade financeira das apresentações, adequada ao orçamento ao evento, e à parceria firmada com a Hiran Produções para a realização do show sertanejo. “Estamos muito felizes em poder anunciar estas atrações, que engrandecem a nossa festa, que agradam diversos públicos e que prometem atrair um grande público à festa”, destacou a presidente. Conforme o coordenador de Shows, Leandro André Kuhn, o valor dos ingressos para as apresentações, bem como a venda antecipada, devem ser divulgados na próxima semana.

Saiba mais:

João Neto & Frederico – Com influência musical do pai e do avô, os irmãos João Neto e Frederico se apresentam na Fenachim no sábado, dia 11 de maio, em horário a confirmar. Natural de Goiânia, a dupla tem mais de 10 anos de carreira com a representatividade da música sertaneja universitária. Na discografia estão 12 trabalhos. João Neto é médico veterinário e Frederico é agrônomo. Quando universitários, eles conciliavam os estudos com os shows, sendo que depois de formados, se dedicaram à carreira musical. Além do trabalho novo Não Tem Tu, Vai Tu Mesmo, no repertório estarão canções como Meio Seu, nova música com a participação de Léo Santana,Mulher Também TraiRapariga Não, entre outras.

Maskavo – Sentindo a brisa que vem de longe é o primeiro verso da canção O Mar Pro Sonhador, música de trabalho da banda Maskavo, que se apresenta na Fenachim no dia 4 de maio, a partir da 00h30. O clipe do single foi filmado na Ilha de Fernando de Noronha, com o apoio do Projeto Tamar, que atua na preservação das tartarugas marinhas no litoral brasileiro. Influenciados pelo reggae, a história do grupo teve início em Brasília, rumando para São Paulo e Porto Alegre. No repertório estarão músicas como Um Anjo do CéuAsas,Quero VerMaria ou JoanaÉ Muito Melhor Velhos Sinais. A Maskavo tem mais de 1.500 shows, uma turnê pelo Japão, dois DVDs, oito álbuns e dois singles recentes. Os integrantes são Marceleza (voz), Prata (guitarra), Felipe Passos (teclado), Rodrigo Celestino (baixo), Nato Marolado (percussão) e Vini Gomes (bateria).

João Luiz Corrêa – Chamado de João Luiz Corrêa & Grupo Campeirismo, o artista é, atualmente, o nome mais expressivo do meio musical gaúcho. A Fenachim recebe no dia 5 de maio, a partir das 19 horas, o músico e compositor, João Luiz Corrêa, que cultiva a alegria, a simplicidade e o carisma da música fandangueira. Com 11 anos de carreira, ele já lançou 11 trabalhos gravados em CD e três em DVD. Entre as suas premiações estão quatro discos de ouro, um disco de platina e 1 DVD de ouro, o primeiro da música gaúcha. No repertório estão músicas como Um Bagual CorcoveadorFandango em Soledade e Pau que dá Cavaco.

Os Monarcas – Criado em 1972, Os Monarcas tem na sua essência a música regional gaúcha. O grupo sobe ao palco da Fenachim no dia 12 de maio, a partir das 19h30. Natural de Erechim, no norte do Rio Grande do Sul, o conjunto é composto por Gildinho (Gaita e Voz), João dos Santos (Guitarra e Voz), Ivan Vargas (Voz), Varguinhas (Gaita), Chico Brasil (Gaita ponto), Vanclei da Rocha (Bateria e voz), Tiago Machado (Gaita), Guilian Siqueira (Contrabaixo), Bacudo (Voz) e Paulo Feijó (Voz).

Programação de shows:

Quinta-feira – 2 de maio

20h às 21h30: Banda Sunset Riders

22h à 00h Celebration Band

Sexta-feira – 3 de maio

20h às 21h30: Alma Nova

22h à 00h: Tchê Chaleira

00h às 02h: Banda Nova Estação

Sábado – 4 de maio

15h às 17h: Musical Novo Encontro

17h30 às 19h30: Banda Safira

20h às 21h30: Grupo Presença

22h à 00h: Banda Legal

00h30 às 2h30: Maskavo

Domingo – 5 de maio

14h às16h: Rodado 15

16h30 às 18h: Banda Kattivah

19h às 22h30: João Luiz Corrêa

Quinta-feira – 9 de maio

14h30 às 16h30: Musical Os Datain

17h às 19h – Musical Star

20h às 21h30 – Noite do Rock

22h às 00h – Noite do Rock

Sexta-feira – 10 de maio

20:00 às 21:30 Banda Modello

22:00 às 00:00 Celebration Band

00:00 às 02:00 Banda Kamarillia

Sábado – 11 de maio

14h às 18h: Banda Os Hermanos

Hora a confirmar: João Neto e Frederico

Domingo – 12 de maio

16h30 às 18h: Banda Passarella

19h30 às 22h30: Os Monarcas

Evento reúne Pedrinho Figueiredo, Killy Freitas e Duca Leindecker na noite de hoje em Santa Cruz

Em sua terceira temporada, o Toque Show chega pela primeira vez a Santa Cruz do Sul na noite desta quinta-feira. O evento organizado pelo consagrado instrumentista porto-alegrense, Pedrinho Figueiredo, promove encontros de música e conversa com outros artistas do Estado. Nessa edição, o santa-cruzense Killy Freitas foi um dos convidados, junto com o ex-Cidadão Quem, Duca Leindecker. A apresentação – imperdível aos apreciadores da boa música – será no Espaço Camarim, a partir das 19 horas, e tem entrada gratuita!

Já tendo recebido grandes nomes da música de Porto Alegre, sempre convidados pelo saxofonista e flautista Pedrinho, a atual edição é a primeira em que um artista do interior do estado é chamado para integrar o time do Toque Show. O guitarrista, compositor e cantor Killy Freitas foi o escolhido e, com apoio do Sesc Santa Cruz, também trouxe o evento para nossa cidade. A primeira apresentação da terceira temporada do encontro foi no início do mês no Teatro São Pedro, na capital gaúcha.

O show que os santa-cruzenses poderão presenciar na noite de hoje é uma descontraída conversa sobre música, com momentos de apresentações das composições de cada um dos artistas e interação com a platéia. Preparem-se para saber mais sobre acontecimentos das carreiras, formação e curiosidades de Killy, Duca e Pedrinho, além de – é claro – ouvir muita música boa.

O Toque Show é financiado pelo edital do FAC Pró-Cultura RS e tem o apoio da LS Áudio, do Colégio Mauá, do Restaurante Amélia e do Sesc Santa Cruz do Sul.

Preservação, encantos e coloridos da natureza são destaques no Museu do Mauá

Com a beleza, dureza e a delicadeza de materiais antigos, como rochas, minerais, borboletas e mariposas, o Museu do Colégio Mauá lançou para a imprensa nesta quarta-feira, 27 de março, a Exposição Delicadeza e Dureza: Encantos da Natureza. A mostra temporária vai enaltecer os diversos coloridos do planeta, que também nos transmite ao mundo atual, em que temos muito apelo pela preservação do meio ambiente. Além da exposição, o museu reabre o seu acervo ao público a partir desta quinta-feira, 28, com as suas aproximadamente 80 mil peças.

Conforme a diretora do Museu, Maria Luiza Rauber Schuster, a exposição temporária deste ano quer mostrar as diferentes nuances da natureza, com um pouco do colorido, através de diversos tipos de minerais e rochas de diferentes áreas do planeta, bem como com as borboletas e as mariposas, que são belezas aladas e insetos da ordem dos Lepidópteros. “Na coleção de Lepidópteros do museu é possível observar belos exemplares com cores interessantes e com beleza e delicadeza ímpar”, ressaltou ela.

Sobre a escolha pela temática da exposição, Maria Luiza explicou que no entorno é possível observar o quanto a natureza é rica em detalhes e cores. “Todos os dias ouvimos apelos midiáticos para que tomemos cuidado com o meio ambiente a fim de preservá-lo. A Terra para se formar levou milhões de anos e não conseguimos mensurar esse tempo em nossa mente. No meio da profusão de cores que compõe a paisagem podemos ver borboletas, mariposas e também rochas e minerais”, destacou.

A diretora contou que no Brasil existem 57 espécies de borboletas que estão ameaçadas de extinção. As mudanças climáticas, como a poluição ou perda do habitat, prejudicam e muito a espécie causando o seu desaparecimento. Como as abelhas, elas colaboram com o ecossistema. Apesar de muitas pessoas não gostarem das mariposas, elas também têm grande importância na natureza. “Pesquisadores da Unicamp afirmam que as mariposas são ‘engrenagens’ de uma complexa ‘máquina’ que garante a reprodução, evitando a extinção nas florestas”, citou.

De acordo com Maria Luiza, as borboletas e mariposas são seres extremamente frágeis e sua vida, ao contrário das rochas e minerais, é muito efêmera. Os minerais e as rochas mostram em suas cores uma beleza fascinante que, no passado, deslumbrou a realeza e os ricos senhores. “Muitas vezes a mais bela pedra está oculta dentro de outra, que não nos chama nenhuma atenção. Há também fragmentos de rochas vulcânicas oriundas de diferentes continentes e vidro vulcânico encontrado no Rio Grande do Sul”, frisou.

Saiba mais: O Museu do Colégio Mauá, localizado na Rua Marechal Floriano, 274, em frente à Praça da Bandeira, é uma importante referência local e regional da preservação da história. O seu acervo é composto por doações feitas pela comunidade regional e Museu Escolar, com peças arqueológicas, objetos indígenas, materiais referentes aos imigrantes alemães, rara coleção de animais taxidermizados (empalhados), entre outros. A exposição temporária de 2019 ficará aberta ao público até o dia 18 de dezembro, com visitações de terça-feira a sexta-feira, das 14h às 17 horas. O ingresso para estudantes e aposentados tem o investimento de R$ 1,50 e para o público em geral é de R$ 3,00. Para visitas guiadas, o agendamento deve ser feito pelo telefone (51) 3715-0496.

Confira mais imagens:

 

República Pub

Prefeitura busca investimento de R$ 15 milhões para os bairros de Santa Cruz

O prefeito de Santa Cruz do Sul, Telmo Kirst, assinou na tarde desta quarta-feira, dia 27, projeto de lei solicitando a autorização da Câmara de Vereadores para contrair, junto à Caixa Econômica Federal (CEF),  um financiamento de R$ 15 milhões.  Por meio do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), a Prefeitura pretende executar uma série de investimentos em máquinas, equipamentos rodoviários e obras civis nas áreas de Educação, Saúde, Meio Ambiente e  Administração Pública. O anúncio ocorreu em ato oficial no Palacinho e contou com a participação de secretários, vereadores e imprensa.

De acordo com o prefeito, graças ao empenho do governo municipal junto ao Ministério das Cidades para garantir a migração do programa de  habitações populares dos loteamentos Mãe de Deus e Santa Maria para fundo perdido, a Prefeitura deixou de contrair uma dívida e ganhou mais fôlego para a contratação de novos financiamentos. “São investimentos importantes em saúde, educação, meio ambiente e infraestrutura viária, que vão alcançar milhares de pessoas em diferentes bairros de Santa Cruz do Sul”, disse.

Dentre os principais investimentos previstos está a reforma e ampliação do prédio, onde funcionava a Secretaria Municipal de Educação (SEE),  para futura instalação do Centro Administrativo. Somente para esta obra estão previstos R$ 4,2 milhões. As intervenções incluem reforma geral e a instalação de elevador e de paineis de energia solar.  O local vai abrigar as secretarias municipais de Fazenda, de Administração e Transparência, de Educação, de Meio Ambiente, Saneamento e Sustentabilidade, e de Políticas Públicas.

De acordo com a justificativa do projeto, a reunião de várias secretarias em um único local trará inúmeras vantagens para os cofres municipais, como a redução de custos administrativos com combustíveis, locação de veículos, energia elétrica, aluguel de imóveis, água e telefonia.

Serão R$ 15 milhões, liberados em sete parcelas. O prazo total do financiamento é de 120 meses, com 24 meses de carência e 96 meses para amortização. A taxa de juros é de mais ou menos 5,60%, mais 100% de CDI a.a. A expectativa do governo é de contratação ainda neste primeiro semestre.

Cerca de R$ 4,5 milhões serão destinadors à área de infraestrutura viária, com a aquisição de máquinas e equipamentos rodoviários, a fim de suprir as frotas das secretarias municipais de Agricultura (Seagri) e de Transportes e Serviços Urbanos (Setsu). A relação prevê a compra de seis retroescavadeiras, um caminhão para a equipe de iluminação, um caminhão para recolhimento de galhos e três motoniveladoras.

Já o maior volume de recursos, no entanto, será destinado à execução de obras civis. Além do novo Centro Administrativo, a Prefeitura também vai investir na construção e ampliação de escolas e postos de saúde e na construção do Centro de Bem Estar Animal (CBEA). No total serão R$ 10,4 milhões em obras.

Uma escola municipal de educação infantil será construída no Bairro Esmeralda, criando mais 200 vagas na rede muncipal para atender a demanda de zero a três anos de idade e reduzir a lista de espera nessa faixa etária. Já as escolas municipais de ensino fundamental Dona Leopoldina e Willy Carlos Froehlich terão suas estruturas ampliadas.

A primeira, situada em Linha João Alves – uma localidade em pleno desenvolvimento, devido ao surgimento de novos loteamentos – não possui turma de pré-escola e nem de séries iniciais. Já a segunda não tem espaço físico para dar conta da demanda. Hoje estudam na instituição cerca de 100 alunos, enquanto a demanda por atendimento chega ao dobro. Três novas salas de aula serão construídas.

Na  área da saúde, os investimentos vão alcançar a rede de atenção básica, melhorando a estrutura física de algumas unidades para dar conta da expansão populacional dos bairros da zona sul. As unidades ESF Glória, ESF Farroupilha, ESF Esmeralda e ESF Margarida serão ampliadas e outras duas – ESF Pedreira e ESF Ana Nery – serão construídas.

No plano de investimentos do Finisa está incluso também a construção do Centro De Bem Estar Animal (CBEA), um espaço público com 1193,51 metros quadrados, para assistência aos animais de rua. Serão construídos três módulos com boxes individuais (maternidade e isolamento) e coletivos, gatil, galpão de atendimento de equinos. O investimento é de cerca de R$ 1 milhão.

Para o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, Jeferson Gehrardt, graças a saúde financeira do Município, será possível viabilizar os investimentos projetados. “Os impactos com a realização destas obras serão altamente positivos para a comunidade santa-cruzense. Tendo em vista a natureza dos investimentos, os benefícios esperados não são mensuráveis financeiramente, mas superam os custos  correspondentes à operação de crédito pleiteada”, avaliou.

Plano de Investimento Finisa

Total: R$ 15 milhões

Máquinas e equipamentos rodoviários – R$ 4.560.000,00

06 retroescavadeiras – R$ 1.800.000,00

01 caminhão para a equipe de iluminação – R$ 360.000,00

01 caminhão para recolhimento de galhos – R$ 300.000,00

03 motoniveladoras – R$ 2.100,000,00

Obras civis – R$ 10.440.000,00

Educação – R$ 2.810.000,00

Construção de uma Emei no Bairro Esmeralda – R$ 1.840.000,00

Ampliação da Emef Dona Leopoldina e da Emef Willy Carlos Froehlich – R$ 970.000,00

Saúde – R$ 2.350.000,00

Construção dos postos Pedreira e Ana Nery – R$ 1.800.000,00

Ampliação dos postos Glória, Farroupilha, Esmeralda e Margarida – R$ 550.000,00

Meio Ambiente

Construção do Centro de Bem Estar Animal (CBEA) – R$ 1.024.000,00

Planejamento

Reforma e ampliação do Centro Administrativo – R$ 4.256.000,00